iFood: entrega por drone vai estrear no Brasil em novembro

Ouvir Áudio

Após receber o aval da Agência Nacional Aviação Civil (Anac) para testar as entregas por drone, o iFood vai disponibilizar o serviço a seus clientes a partir de novembro no Brasil. A cidade de Campinas, no interior de São Paulo, vai ser a primeira a receber o serviço, de acordo com Diego Barreto, CFO da empresa, em entrevista à CNN neste sábado (15).

De acordo com o executivo, o local foi escolhido para a realização dos primeiros testes devido a menor complexidade da operação por via aérea. No entanto, em alguns meses após a implementação da primeira rota, outras cidades do estado e do país também devem receber o serviço.

As primeiras operações devem acontecer com o transporte de pequena e média distância, levando pedidos de um shopping local até um complexo condomínios ou então até centros de distribuição do iFood. “Mas a gente imagina que o uso vai ser supercomum no futuro, nos lugares onde a logística é um problema”, disse o CFO.

A expectativa é de que os drones reduzam o tempo de entrega nesses trajetos para dois a quatro minutos. Para efeitos de comparação, atualmente, o percurso de entregadores a pé ou de bicicleta chega a demorar entre dez e doze minutos, de acordo com a empresa.

Um dos dispositivos que vai permitir a segurança da entrega, além da trava na caixa térmica, que só pode ser aberta via QR code, é um pequeno paraquedas, que visa proteger o drone em caso de colisão.

“Ao longo do últimos 18 meses, junto com parceiros, buscamos viabilizar o transporte aéreo evitando regiões com excesso de tráfego. Agora, a gente passa a ter essa capacidade de transportar alguns quilos de comida, o que limita o transporte a um ou dois pedidos por vez”, disse Barreto.

CNN BRASIL

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *