Início Cidade Justiça determina que Twitter e Facebook tirem do ar postagens sobre menina...

Justiça determina que Twitter e Facebook tirem do ar postagens sobre menina que engravidou após estupro

49
0
Ouvir Áudio

Ilustrativa

A Justiça do Espírito Santo determinou que Twitter, Facebook e YouTube (Google Brasil) retirem do ar em até 24 horas publicações que contenham informações sobre a menina capixaba de dez anos de idade que engravidou após estupro.

A decisão liminar foi tomada após ação civil pública protocolada pela Defensoria Pública do Espírito Santo, que indicou os links que considerou que colocavam em risco a menina e sua família.

A decisão foi dada pelo juiz plantonista da 5ª região do Espírito Santo, Samuel Miranda Gonçalves Soares.

Painel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui