Policias Penais cumprem 03 mandados de prisão em Serra do Mel, Areia Branca e Mossoró

Ouvir Áudio

Em continuidade as determinações da Secretaria de Administração Penitenciária e dando prosseguimento no trabalho conjunto entre os Policiais Penais do GEP-Mossoró Grupo de Escolta Penal-Mossoró) e da CEME-Mossoró (Central de monitoramento Eletrônica de Mossoró), no tocante a cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Vara de Execução Penal desta Comarca, para apenados que deixaram de cumprir suas penas em conformidade com a justiça. Nesta manhã de Quarta Feira, 17 de Agosto, foram realizados o cumprimento de três mandados de prisão, sendo um na Serra do Mel, um em Areia Branca e outro em Mossoró.

O primeiro mandado foi cumprido na Cidade de Areia Branca, onde foi preso na sua residência a pessoa de Geraldo Araújo Filho que já é condenado por tráfico e cumpria pena em Regime Semi Aberto ao qual infringiu nas regras do cumprimento da pena.

A Segunda prisão se deu na Vila Rio Grande do Norte, na Serra do Mel, onde foi abordado escondido no matagal nas proximidades de sua residência Igo Lopes de Souza, o qual estava burlado o sinal de monitoramento eletrônico não enviando o sinal para Central eletrônica. Ele já era condenado pelo crime de tráfico de drogas e lhe foi dado ciência do mandado de prisao em seu desfavor.

A terceira prisão se deu no deslocamento de retorno a cidade de Mossoró, na Av Presidente Dutra, numa loja de Pneus nas proximidades da subida da ponte, onde a pessoa de Hugnaldo Bernardino de Brito foi reconhecido pelos policiais penais, abordado e constatado a existência de um mandado expedido pela 3° Vara Criminal de Mossoró, pela prática de roubo majorado.

Os dois primeiros foram conduzidos ao Complexo Penal Estadual Dr Mário Negócio, e o terceiro para a Cadeia Publica de Mossoró, onde aguardarão o cumprimento restante das suas penas conforme determinadas pela justiça.

Através dos esforços da SEAP (Secretaria de Administração Penitenciária), os Policias Penais envolvidos, reiteram o compromisso com a sociedade na busca de melhorar o sistema penitenciário, garantir o cumprimento de pena digno e trazer mais tranquilidade a população do Rio Grande do Norte.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *