Mulher investigada na morte do marido é presa por determinação da justiça em Baraúna no Oeste Potiguar

Ouvir Áudio

José Ivan foi morto em uma emboscada
Policiais Civis da Delegacia de Baraúna, na região Oeste do Rio Grande do Norte, prenderam na tarde de quinta feira 10 de Setembro de 2020, a pessoa de Quercia Elania Rebouças Costa Silva, 34 anos, suspeita de arquitetar a morte do marido José Ivan Ângelo da Silva, que tinha 39 anos, morto em uma emboscada no dia 13 de agosto desse ano em Baraúna.

A vítima foi morta com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça, quando retornava de uma empresa produtora de frutas, onde trabalhava naquela cidade (Relembre o Caso). A investigação da delegacia de Barauna chegou até uma mensagem de texto, em um aplicativo de mensagens, onde Quercia tentava contratar uma pessoa para matar seu marido oferecendo uma quantia em dinheiro.

A juíza Andressa Luara Holanda Rosado Fernandes, da Vara Única da Comarca de Baraúna, expediu nesta quinta feira (10), um mandado de prisão temporária em desfavor da investigada e na tarde de hoje os agentes cumpriram o mandado expedido pela justiça.

Após ser presa a investigada foi conduzida para Delegacia onde foi ouvida pelo Delegado Dr. Luis Fernando e encaminhada à Penitenciaria Mário Negócio onde permanecerá a disposição da justiça. A Polícia Civil não divulgou ainda sobre qual teria aido a motivação para que a mulher mandasse matar o marido

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *