Esse Papa Francisco não tá com nada! E acabou!

Ouvir Áudio
Pope Francis arrives to lead his weekly general audience in the Paul VI hall at the Vatican on October 21, 2020. (Photo by VINCENZO PINTO / AFP)

Escrito por Robson Pires em 21/10/2020. Postado em Notas. Deixe um comentário

O Papa Francisco afirmou, em um filme que entra em cartaz nesta quarta-feira (21) na Itália, que os homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil. Foi a forma mais clara que Francisco já usou para falar de direitos dos LGBTIs.

“As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso”, diz ele no documentário “Francesco”.

“O que precisamos criar é uma lei de união civil. Dessa forma eles são legalmente contemplados. Eu defendi isso”, ele afirmou.

União civil, e não casamento

O Papa Francisco já demonstrou ter interesse em dialogar com católicos LGBTIs, mas geralmente suas mensagens são a respeito de acolher esses fiéis.

Ele já deu sinais velados que poderiam ser interpretados como uma opinião favorável à união civil.

PS: qual é a diferença de união e casamento? Porque um é na igreja e outro não? Esse Papa Francisco! Sei não. Não abre a boca sobre os incêndios das igrejas no Chile. Já na Amazônia….

Desculpa… mas eu sou católico e também tenho o direito de opinar. “Esse Papa não tá com nada!”. E acabou!!! Condenamos qualquer forma de preconceito. Mas, creio nas escrituras sagradas. Não é isso que ela ensina.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *