Acusado de tentar matar o irmão em Assú, é condenado a 10 anos de prisão

Ouvir Áudio

O Tribunal do Júri Popular, condenou o réu Genildon Costa da Silva, pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificada, contra o seu próprio irmão, Francisco das Chagas Dantas. O Júri começou por volta das 10h e teve a conclusão por volta das 20h de segunda-feira 16 de novembro de 2020. A companheira do condenado, estava sentada no banco dos reus e foi absolvida de acusação.
Genilson Costa, foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificada contra o irmão. O processo consta que o crime teria acontecido no dia 03 de Dezembro de 2016, por volta das 12h50 na Favela do Belo Horizonte, quando a pessoa de Andreiza Fernanda, teria auxiliado seu companheiro, Genilson Costa, para matar Francisco das Chagas.

Genilson, teria dado uma investida contra a vida do próprio irmão, sendo que, nesta oportunidade, contou com o auxílio de sua companheira que, segundo apurado, teria repassado a arma para que o mesmo pudesse alcançar o irmão e mata-lo. A vítima ficou diversos dias internados no Hospital Regional de Mossoró e perdeu parte do intestino, devido às lesões sofridas.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *