Jovem Alana sobre seus sonhos: “Quero viajar pelo mundo, desfilar nas grandes passarelas”

Ouvir Áudio

Aos 20 anos de idade, com 1,80 de altura, a carnaubaense Alana Bezerra já faz sucesso no mundo da moda, desfilando em passarelas e aguardando oportunidade para participar de um evento internacional. Nessa entrevista exclusiva ao nosso blog, ela fala de seus sonhos, das dificuldades e incentivos, das exigências da profissão e das experiências vividas nos quatro anos de carreira bem promissora.

A melhor maneira de iniciar nossa conversa é ir direto ao assunto… Conheça um pouco sobre essa jovem de rara beleza.

Porque escolheu a carreira de modelo?

No início eu não me imaginava em nada relacionado a isto, mas as pessoas sempre me incentivaram a tentar por eu ser muito alta e magra, foi aí onde decidi participar do concurso tráfego look e foi assim onde tudo começou.

Dificuldades e incentivos?

A carreira de modelo não é nada fácil como muitos pensam, não é só chegar na passarela desfilar e pronto, precisa de esforço, dedicação, disciplina. No início não é nada fácil, passar horas andando de salto praticando, desfiles demorados, muitas vezes não há tempo de se alimentar direito e várias outras coisas. Tive muito o apoio e incentivo da minha família, sem eles eu não conseguiria chegar nem na metade de onde estou hoje. Como tudo na vida precisa de total dedicação e esforço a passarela também precisa, por isso hoje eu falo com toda certeza que vale muito a pena, a sensação de dever comprido após um desfile é inexplicável.

Como é sua rotina de exercícios, dieta…

Como toda profissão tem suas exigências, a carreira de modelo também tem, precisa estar no peso certo, pele bem cuidada, medidas certinhas. Atualmente faço musculação com treinos específicos para o meu objetivo, sigo dieta passada pela nutricionista, mas não deixo de comer as coisas que eu gosto, só não como em excesso.

Um evento marcante, lugar que conheceu e gostaria de voltar?

Um evento muito marcante em minha trajetória foi participar da seletiva do The look of the year, um dos maiores concursos de modelos do estado de São Paulo e conseguir ser selecionada para a grande final. Onde tive a oportunidade de conhecer a grande São Paulo e passar uma temporada por lá, experiência incrível com muito aprendizado e novas amizades.

Você gosta mais do interior ou cidade grande?

Morar no interior tem suas vantagens, é mais tranquilo e aconchegante. Cidade grande é mais movimentada, agitada, gosto dos dois, até porque meus pais ainda moram no interior e sempre que dá eu venho visitar eles.

Como é o mundo da moda e o que mais me surpreendeu?

O mundo da moda é muito diversificado, existem vários perfis diferentes como, modelo comercial que é aquele perfil voltado mais para fotos e propagandas, modelo voltado mais para os concursos de misses, modelo para passarela fashion que é aquele perfil com padrão de altura e medidas, entre outros. O que mais me surpreendeu nesse mundo da moda foi a extrema exigências com as medidas, por experiência própria, eu já perdi trabalhos por não está na medida ideal que eles querem, questões de medidas para eles tem que está sempre certinhas.

O que você deseja alcançar?

Ainda tenho muito que aprender nesse mundo da moda, com muita determinação espero um dia alcançar todos os meus sonhos e metas. Desejo um dia me tornar uma grande modelo de sucesso, bem sucedida, viajar por vários países, desfilar nas grandes passarelas do mundo e me aperfeiçoar cada vez mais nesse universo imenso que é o mundo da moda.

O que as passarelas lhe ensinou?

Comecei a modelar aos 16 anos no ano de 2016 quando me inscrevi no concurso tráfego look em Natal, participei da seletiva e me classifiquei entre as 12 finalistas conseguindo assim uma vaga na agência tráfego models na qual faço parte atualmente. Depois do concurso minha vida mudou completamente, me mudei para Natal para me dedicar a este sonho que estava apenas começando, logo de início fiz curso preparatório direcionado pela agência e com o passar do tempo fui começando a realizar trabalhos como, desfiles, editoriais e vários outros. Participei de vários casting com agências de vários países e em um deles fui selecionada para ir para São Paulo pela agência JOY MODEL, daí fui para São Paulo e passei uns 20 dias, foi uma experiência incrível onde pude aprender muitas coisas e fazer novas amizades, voltei por motivo do recesso de final de ano mais já previsto para retornar em março, no entanto foi quando começou a pandemia.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *