Mesmo formados, novos PMs no RN são tratados como ‘alunos soldados’, andam desarmados e são vítimas de assaltos

Ouvir Áudio

Mais um dos novos policiais militares recém-formados no Rio Grande do Norte foi assaltado, dessa vez, nessa segunda-feira(14), em Natal. Os criminosos abordaram o policial pedindo que entregasse sua arma. Na ocasião, o policial informou que não estava armado, sendo revistado e tendo levado sua mochila com sua farda e seus pertences. O fato é semelhante ao ocorrido na semana passada, quando bandidos armados abordaram um dos novos policiais pedindo que ele entregasse sua arma. Assim como no caso
Segundo uma denúncia anônima ao Blog, o que chama a atenção nas duas ocorrências é que os novos policiais estão virando alvo dos criminosos ao se deslocar das suas residências para o serviço desarmados em várias regiões do Estado e na capital. Mesmo formados, estariam sendo distribuídos como se trabalhassem em uma espécie de sistema de estágio, como ‘ alunos soldados’. Ainda não receberam suas armas por parte da polícia. Ainda segundo a fonte ao Blog, o comandante geral alega que não pode alterar a arma para esses novos policiais por não possuírem ainda o RG/PM, nem autorização para comprarem a sua arma particular.

A denúncia ainda classifica o tratamento aos novos policiais como ‘desumana’. A fonte conta que eles estão distribuídos para regiões diferentes da que trabalham, em escala de segunda a sábado. “Esse pessoal, que ainda recebe como salário de aluno soldado, sem estrutura de alojamento e alimentação, está vulnerável alugando casas na periferia, e andando desarmados”, disse.

A insatisfação, em resumo, tem mais um agravante, quando policias afirmam que existem, sim, armas suficiente para cautelar para os novos policiais, e não se entende porque os mesmos ainda não receberam suas armas de forma definitiva. (BlogdoBG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *