Em Assu mulher desfere cutilada de faca no marido, ele se recusa a prestar queixa e policia descobre que se trata de um foragido

Ouvir Áudio

Neste sábado, 19 de dezembro de 2020, a polícia militar do 10º BPM, foi acionada com a informação de que um homem teria dado entrada na UPA do Alto São Francisco, vítima de uma cutilada de faca peixeira.
Ao chegar na unidade hospitalar, a policia encontrou a mulher e o companheiro (vitima e acusada), o homem por nome Antônio Fernandes Simplício, residente no bairro Vertentes, em meio a discussão com a sua companheira, foi atingido com uma cutilada de faca, mais se recusou a registrar a queixa e disse aos policiais que gostava muito da esposa e estava tudo bem.

A vítima se recusou também a ser transferida para o hospital em Mossoró, uma recomendação do médico, com isso Antônio Fernandes assinou um documento na UPA e seguiu de volta pra sua casa abordo de um mototaxista, mais se deparou com a polícia já a sua procura.

Mesmo ferido, ele saiu pulando os muros das residências, mais foi pego na casa de sua genitora, conduzido ao hospital e em seguida recambiado a delegacia de polícia em Mossoró para a realização do flagrante.

Ainda de acordo com as informações, o mandado valido até 2024 é na lei Maria da Penha.

fonte focoelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *