Mancha verde na água do mar assusta moradores e banhistas em praia da Grande Natal
Foto: Reprodução

Ouvir Áudio

Uma mancha verde vista na praia de Tabatinga, em Nísia Floresta, na manhã desta sexta-feira (15), assustou banhistas e frequentadores do litoral Sul da região metropolitana de Natal. Vídeos foram feitos por algumas das testemunhas por volta das 10h30. De acordo com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), uma denúncia foi registrada.

Equipes foram até o local pela manhã e coletaram o material, que passará por análise durante o fim de semana. Segundo Iracy Wanderley, subcoordenadora de Planejamento e Educação Ambiental do Idema, os técnicos relataram que também há um odor forte no local.

Ainda de acordo com o instituto, muito provavelmente a mancha é provocada por um aumento do número de microalgas – um processo biológico e natural. “O surgimento de manchas como essa pode ser natural ou pode causado por um desequilíbrio ambiental provocado, por exemplo, pela emissão de efluentes”, afirmou Iracy.

Porém, de acordo com ela, só será possível afirmar com precisão se a mancha foi provocada por algas e se há desequilíbrio ambiental local a partir da análise do material coletado, que será feita em parceria com a equipe do programa Água Azul, do IFRN. “Teremos uma resposta mais precisa na segunda-feira”, pontuou.

A representante do Idema, por outro lado, afirmou que o caso não tem relação com as manchas de óleo que surgiram no litoral do estado e em praticamente todo o Nordeste brasileiro em 2019.

fonte Jair Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *