Casal é expulso de academia em Natal após vídeos polêmicos

Ouvir Áudio

A academia Body Tech do Natal Shopping expulsou, na manhã desta quinta-feira (21), dois alunos devido a “má conduta”. O caso em questão ganhou repercussão nas redes sociais quando o aluno publicou vídeo em suas redes sociais referindo-se às mulheres que treinam na academia e dizendo que teria vontade de se masturbar após observá-las. Além dele, a mulher do aluno também foi expulsa.
Nos vídeos que circularam nas redes sociais, o aluno falou sobre a sua saída de outra academia da cidade. Segundo ele, que é engenheiro civil, os funcionários da academia onde ele treinava o pressionavam para utilizar a máscara e, já com a intenção de rescindir o contrato, ele não seguia as normas. Além disso, ele se referiu de maneira pejorativa às mulheres que praticam atividades físicas na academia anterior, enaltecendo as que treinavam na BT Natal Shopping.

“Aqui você usa máscara e ninguém fica pentelhando. Foi a melhor coisa que eu fiz.De mulher, não tem nem comparação. Tá certo que eu sou casado, tenho minha mulher e não estou aqui atrás de mulher, mas p… Tem um milhão de gatas aqui. Na (nome da academia) só tinha velha (sic). De rocha mesmo. Eu saio daqui e tenho vontade de sair correndo para casa para bater uma p…, porque dá vontade de fazer isso, porque só tem gata, e a (nome da academia anterior) só tem velha”, postou o aluno.

Após essa postagem, vários comentaram surgiram nas redes sociais e uma outra aluna da academia usou sua conta no Instagram para criticar a postura do aluno, que reagiu e, sem citar o nome da outra pessoa que treina no local, fez diversas ofensas. Em seguida, a esposa do aluno, também nas redes sociais, disse que o marido fez uma brincadeira e deu a entender que poderia brigar com a outra aluna que fez críticas nas redes sociais.

“O referido e a esposa não são mais nossos alunos. Pela manhã, demos a explicação, através do nosso corpo jurídico. Nosso contrato prevê a rescisão unilateral em caso de má condutas dos alunos, o que foi o caso. Tanto pelo que foi dito na academia e nas redes sociais, como pelo discurso (da mulher) ameaçando outra aluna”, explicou o gerente da BT Natal Shopping, Alonso Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *