Início Política Fátima se reúne com bancada federal para emendas de prioridades: Covid-19, Barragem...

Fátima se reúne com bancada federal para emendas de prioridades: Covid-19, Barragem de Oiticicas e estradas; veja

16
0
Ouvir Áudio

A governadora do Rio Grande do Norte (RN), professora Fátima Bezerra, definiu as prioridades para a bancada de deputados federais e senadores incluírem nas emendas individuais e coletivas ao Orçamento Geral da União (OGU) para 2021. Na reunião da bancada, na manhã desta sexta-feira (19) no Centro de Convenções em Natal (RN), a governadora foi enfática: “Diante do quadro de recrudescimento da Pandemia da Covid-19, a prioridade deve ser a saúde, porque a situação é grave e é imprescindível salvar vidas e retomar as atividades econômicas”.

Fátima Bezerra argumentou que o aporte de recursos para a saúde pública visa atender o agravamento da pandemia nas últimas semanas no estado e no país. “Estamos muito perto de 100% de lotação dos leitos Covid-19 na Região Metropolitana de Natal. A pandemia não foi embora, e, diante da lentidão do processo de vacinação, se torna imperioso reforçar a assistência e as medidas protetivas. Também é imperioso o Congresso Nacional, como um todo, abraçar a pauta do Plano Nacional de Imunização, a defesa do custeio para os leitos de UTI e a volta do auxílio emergencial”, afirmou.

Aos três senadores e sete deputados federais que participaram da reunião, Fátima Bezerra disse que o ritmo lento do processo de vacinação precisa ser acelerado: “O PNI não pode continuar como está. Precisamos de mais vacinas e de um calendário com entregas. Peço a atenção das bancadas na Câmara e no Senado para a prioridade na destinação de recursos e ficarem atentas e cobrar ao governo federal respostas concretas. Confio que o Congresso Nacional encontre uma saída para a grave crise que enfrentamos, até porque está em discussão, aqui, a aplicação dos recursos públicos que têm origem nos impostos que a população paga”.

Outras prioridades definidas são a questão hídrica, estradas, segurança e educação. “Concluir a barragem de Oiticica, em Jucurutu, o Projeto Seridó que vai atender à população daquela região nos próximos 50 anos, as obras de transposição de águas do rio São Francisco com a ligação do eixo leste e a implantação do eixo norte é fundamental para o Rio Grande do Norte que está numa situação delicada porque será o último estado a receber as águas da transposição”, afirmou a governadora.

Em relação às estradas, Fátima Bezerra lembrou em em 2020 a administração estadual investiu R$ 20 milhões na recuperação de rodovias e em 2021 deve investir R$ 30 milhões. “Mas isto é pouco diante das necessidades. Temos estradas que não basta serem recuperadas. Precisam ser totalmente reconstruídas devido ao avançado estado de desgaste e precisaríamos de valores entre R$ 60 e R$ 80 milhões por ano”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui