Caviar com Rapadura e Forró dos Plays vendem ônibus por impactos da pandemia do coronavírus

Ouvir Áudio

Mais nomes do forró entraram na lista de grupos que vendem bens para evitar acúmulo de dívidas durante a pandemia. Caviar com Rapadura e Forró dos Plays estão com anúncios de dois ônibus em redes sociais.

O empresário das bandas, o baiano Augusto Rodrigues, 50, radicado no Ceará, também já vendeu um carro e equipamentos de iluminação usada em shows.

Em 2020, a banda Caviar com Rapadura chegou aos 25 anos de existência. Em média, o grupo de forró realizava oito shows por mês. No último ano, o grupo gerou 25 postos de trabalho.

Já o Forró dos Plays, com 13 anos de vida, alcançava marca de sete apresentações mensais antes da pandemia do coronavírus. Ao todo, 25 pessoas trabalhavam no grupo. Segundo Augusto Rodrigues, por conta do atual cenário da música, os vocalistas pediram desligamento.

“O futuro é incerto. Creio que 90% das bandas vão decretar falência, caso não haja ajuda do governo”, diz o empresário Augusto Rodrigues.

Há um ano parado sem eventos, os dois ônibus geram custos de manutenção, além do espaço onde ficam guardados “Não temos perspectivas de retornar. Enquanto tinha reserva dava para segurar”, conta o empresário das bandas.

Sem esperança no São João
Na avaliação de Augusto Rodrigues, assim como de outros produtores de eventos, a perspectiva é que os eventos juninos não aconteçam em 2021.

A demora da imunização é uma grande preocupação dos empresários. “Pela velocidade que acontece a vacinação é pouco provável que possamos ter eventos esse ano”, relata o empresário.

São Miguel em Alta Notícia Arraiá Amigos da Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *