Atualizado: Bandido que matou cabo Gustavo da PM morre em confronto com a polícia

Ouvir Áudio

Foto: Reprodrução/Arquivo

Uma operação do Bpchoque na manhã desta sexta-feira (23), na comunidade do Paço da Pátria, na zona Leste de Natal, resultou na morte de Renato Rovegno de Souza Júnior, mais conhecido por Renatinho. Ele matou o cabo da Polícia Militar Gustavo, em uma tentativa de assalto no último dia 13 de abril, em Capim Macio.

Segundo a polícia, os suspeitos estavam armados com com uma pistola 9mm e uma pistola que pertence à PM, que foi tomada do policial durante o crime. Após terem sido atingidos durante o confronto, eles foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Um helicóptero cedido pelo governo da Paraíba e embarcações do Corpo de Bombeiros e da Companhia Ambiental foram usados na operação.

“Fizemos a incursão no Paço da Pátria e na localidade conhecida como prainha, que é do lado oposto do rio. Chegando no Paço, houve dois confrontos até chegarmos ao local onde estaria esse acusado. E chegando lá ele reagiu às ordens da PM. Houve um embate novamente, ele estava acompanhado de outro criminoso e os dois foram alvejados e socorridos, mas infelizmente vieram a óbito. Ele era suspeito, estava com a arma e foi confirmado que era ele através das tatuagens”, informou o comandante da operação, coronel Antônio Pessoa, do Batalhão de Policiamento de Choque.

O caso

O cabo Gustavo foi assassinado a tiros em uma loja de celulares em Capim Macio, na zona Sul de Natal. Câmeras de segurança registram o momento em que o criminoso efetuou o disparos. Na fuga, Renatinho deixou o celular para trás e logo suas imagens ganharam as redes sociais.

Gustavo ainda foi socorrido, mas não resistiu. Ele tinha 39 anos e havia entrado na corporação em 2010. Mais informações em instantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *