Famílias dos meninos de Belford Roxo permanecem sem respostas

Ouvir Áudio

Foto: Reprodução/TV Globo

Nesta terça-feira (27), completam-se quatro meses do desaparecimento dos meninos Fernando Henrique, Alexandre da Silva e Lucas Matheus. No dia 27 de dezembro do ano passado, eles saíram de casa, no bairro Castelar, em Belford Roxo, Baixada Fluminense, e desde então não foram mais vistos.

As investigações iniciais, feitas pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), apontavam para a participação de traficantes no sumiço dos meninos. No entanto, não há nenhuma pista que garanta essa possibilidade. No começo de março, o Ministério Público do Rio de Janeiro encontrou imagens de câmeras de segurança que mostraram que os garotos passaram pela Rua Malopia, no bairro vizinho.

O RJ1 pediu entrevista para o secretário de Polícia Civil e com o delegado responsável pela investigação. A polícia, no entanto, enviou apenas uma nota. Segundo o órgão, até agora foram feitas mais de 80 diligências e imagens coletadas durante as investigações foram enviadas para as famílias.

Ainda de acordo com a polícia, investigações iniciais indicam que as crianças saíram do Castelar em direção à Feira de Areia Branca, em um percurso de três quilômetros. A polícia pede para que informações sobre o que pode ter ocorrido com os três meninos sejam enviadas à DHBF ou ao Disque-Denúncia (2253-1177).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *