Família de paciente grave aponta “descaso” do Estado mesmo com aval da Justiça

Ouvir Áudio

para internação e cirurgia, diz que nada foi feito até o momento e teme pelo pior

Foto: Reprodução

A Advogada Eva Fontes, entrou com Ação na Justiça contra o Estado do Rio Grande do Norte para que o Sr. Cândido Praxedes da Silva, correndo risco de morte, por estar acometido de trombose em membros inferiores, fosse internado de urgência e submetido a tratamento cirúrgico. O magistrado deferiu a tutela de urgência para que o paciente fosse internado no Hospital da Polícia Militar no prazo de 24h, bem como fosse submetido a todos os tratamentos necessários à sua reabilitação.

Informações de familiares ao Blog relatam que o paciente desde sábado (24) encontra-se internado, mas até o momento nada foi feito. A situação só se agrava, devido a obstrução da veia aorta, e atualmente já apresenta mau cheiro nos membros inferiores e fortes dores, o que certamente não terá outra alternativa a não ser a amputação de duas pernas.

A família suplica para que seja tomada alguma atitude imediata, sob pena de perder o familiar de apenas 65 anos de idade. “Lamentável o descaso com a saúde pública do Estado”, desabafam familiares.

Processo nº: 0820051-67.2021.8.20.5001 (4º Juizado da Fazenda Pública da Comarca de Natal/RN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *