SC: crianças mortas em ataque a creche tinham mais de um ano de idade

Ouvir Áudio

As três crianças que morreram no ataque a uma creche em Saudades (SC) na manhã desta terça-feira (4/5) foram identificadas pela Polícia Civil.

As vítimas são Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses.

As outras vítimas do ataque também foram identificadas. A professora Keli Anicevski que morreu no local e agente educadora Mirla Renner chegou a ser levada ao Hospital de Chapecó, mas não resistiu aos ferimentos e também veio a óbito.

As cinco vítimas foram mortas pelo jovem Fabiano Kipper Mai, de 18 anos. Ele invadiu a unidade escolar por volta das 9h30min desta terça e utilizando uma espada, matou as cinco pessoas. Ele está preso.

Na casa do suspeito, a polícia encontrou o computador que deverá ser analisado pela polícia, as embalagens das duas facas utilizadas no crime e cerca de R$ 11 mil em espécie. Conforme o relato dos pais à polícia, ele trabalhava e o valor estava sendo guardado. Os motivos, no entanto, não foram informados.

O ataque
Um homem de 18 anos entrou na creche armado com uma espada. Segundo o delegado Jerônimo Marçal, o agressor teria atacado a professora Keli na entrada na escola. Ela então correu para a sala onde estavam quatro crianças, todas menores de dois anos.

Além deles, o suspeito atacou uma agente de saúde que fazia um trabalho no local no momento do crime. A morte dessa profissional também foi confirmada pela Polícia Militar de Chapecó.

O local está isolado, segundo informações do delegado Marçal. Em entrevista à NSC TV, ele relatou que a Polícia Civil já foi até a casa do autor do crime e que lá teria encontrado “objetos estranhos”. Ele não especificou o que seriam, mas reforça que os agentes trabalham com a possibilidade de que seria um crime isolado.

Fonte Jair Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *