Governadora Fátima toma segunda dose da CoronaVac com 15 dias de atraso

Ouvir Áudio

Foto: Raiane Miranda/Governo do RN/Divulgação

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), tomou a segunda dose de vacina contra Covid-19 na noite desta terça-feira (18) em Natal, com atraso de 15 dias após o fim do prazo previsto para o reforço.

Fátima tomou a primeira dose da CoronaVac no dia 5 de abril, por fazer parte do grupo de pessoas com 65 anos ou mais – imunizado na época. Como o prazo do reforço da vacina é de 28 dias, ela deveria ter tomado a segunda dose no dia 3 de maio. Porém, houve falta de doses da CoronaVac para atender a segunda dose na maioria das cidades do estado. 87 mil potiguares tiveram atraso na imunização.

Nas redes sociais, a governadora agradeceu à equipe que a atendeu, no Sesi, em Natal. “Finalmente consegui tomar minha 2ª dose. Assim como muitos de vocês, também fiquei com a D2 atrasada por vários dias. Mas agora, felizmente, conseguiremos garantir a D2 de todos os potiguares que ficaram com a vacinação atrasada”, afirmou.

A aplicação da segunda dose da Coronavac foi suspensa pela primeira vez no RN no dia 12 de abril na capital potiguar. No dia 29 de abril a Secretaria Estadual de Saúde informou que 90% dos municípios do RN estavam com a aplicação da Coronavac suspensa por falta de doses.

Com quatro lotes recebidos nas últimas duas semanas, a partir de articulação com o Ministério da Saúde e também uma decisão da Justiça Federal, a Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o estado já recebeu vacinas suficientes para zerar a fila de pessoas que tomaram a primeira dose e aguardavam a segunda.

Natal vacinou nesta terça-feira (18) o grupo que havia tomado a primeira dose até 5 de abril, caso da governadora. Nesta quarta (19), a capital potiguar vacina quem tomou a primeira dose até 6 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *