HOSPITAL DE TRIUNFO POTIGUAR FOGE DE PROTOCOLO SANITÁRIO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE EM ÓBITOS DE COVID-19

Ouvir Áudio

A cidade de Triunfo Potiguar, no Oeste do Rio Grande do Norte, registrou uma morte por covid-19 na manhã de quinta-feira 27 de Maio de 2021 por volta das 06h, tendo como vítima fatal da covid-19, um idoso de 87 anos.

A morte aconteceu no Centro de Saúde municipal, e os protocolos sanitários não foram seguidos pela unidade hospitalar, fugindo das suas obrigações, mediante a determinação do Ministério da Saúde. Esse protocolo tomado pelo município de Triunfo Potiguar, é considerado um absurdo e vai contra a vigência das regras sanitárias.

Segundo informações, o hospital usou lençol e fitas para enrolar o corpo, para que os profissionais da funerária pudesse realizar os procedimentos. Uma atitude inadmissível do hospital, em não usar os protocolos e meios legais. A família do falecido ficou constrangida e angustiada com toda a situação.

Exemplo de como os corpos de covid-19 devem ser colocados na urnas (caixão)

O cadáver deve ser embalado em um saco plástico, e essa embalagem, deve ocorrer no local da ocorrência do óbito, e manipular o corpo o mínimo possível, evitando procedimentos que gerem fases ou extravasamento de fluidos corporais. O corpo não estando no saco plástico (como aconteceu em Triunfo Potiguar) pode gerar a contaminação de quem está fazendo a manipulação do corpo.
A vigilância esteve no hospital, e parece não ter conhecimento dos protocolos que devem ser seguidos por obrigação do município, porém, atropelaram às normas sanitárias após o óbito. – Clique aqui e veja o protocolo na página 9 das normas sanitárias em óbitos de covid-19.

Vale ressaltar, que a mesma vigilância que ‘autorizou’ sepultar o idoso sem o saco plástico, é a mesma que cumpre as normas sanitárias em fechar comércio, depósito de bebidas, acabar com aglomeração entre outros fatores que não são legais no momento, porém, foge da sua própria responsabilidade, o que se torna algo g

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *