Após 8 meses do crime, polícia prende três suspeitos de assassinar filho de radialista no RN

Ouvir Áudio

Foto: Reprodução/Arquivo

Policiais civis do Núcleo de Investigações sobre Pessoas Desaparecidas (NIPD) prenderam, nesta segunda-feira (07), três pessoas suspeitas de envolvimento no homicídio do motorista de aplicativo Lucas Samuel, ocorrido em Canguaretama, em outubro de 2020. O jovem era filho do radialista Flávio Campos, da 95 FM.

De acordo com investigações, Lucas Samuel foi atraído com o pretexto de fazer uma corrida para Canguaretama, onde já estaria armada uma emboscada, planejada por uma mulher que é suspeita da prática de tráfico de drogas. Ele foi morto com vários tiros de arma de fogo e teve seu corpo jogado em uma vala.

Um dos executores foi morto na semana seguinte, no estado da Paraíba. O segundo homem apontado como executor e duas mulheres foram presos nesta segunda-feira (07), em cumprimento a mandados de prisão temporária. Eles foram encaminhados ao sistema prisional, onde se encontram à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *