Filho mata a própria mãe enforcada e vai assistir TV; vídeo.

Ouvir Áudio

Um rapaz matou a própria mãe enforcada no Guarujá, litoral de São Paulo. Após cometer o assassinato, Bruno Eustáquio, de 23 anos, se sentou no sofá e começou assistir televisão, enquanto a mãe estava morta, no quarto.

O crime foi cometido em dezembro do ano passado e, com a descoberta das imagens, o criminoso foi indiciado por homicídio doloso. A prisão preventiva já foi decretada pela Justiça.

O dispositivo com o arquivo de vídeo foi encontrado pela polícia dentro do forno, numa tentativa de esconder o registro do crime. Eustáquio, no dia do enterro da mãe, publicou fotos ao lado dela nas redes sociais e escreveu: “Te amarei para sempre! Obrigado por tudo meu amor. Luto eterno. Rainha”.

A atrocidade foi capturada por câmeras de segurança do local do crime, onde mãe e filho moravam. No dia seguinte, o assassino foi para a academia e, ao retornar para casa, ligou para outros parentes afirmando que encontrou a mãe desmaiada.

A perícia descobriu que a mulher estava morta há, pelo menos, cinco horas, e passou a suspeitar do filho, já que este afirmou que quando saiu para ir à academia, a mãe estava viva.

A defesa afirma que Bruno segurou o pescoço da mãe para imobilizá-la, mas que não tinha a intenção do matar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *