Pai é condenado a 33 anos de prisão após estuprar e engravidar a filha

Ouvir Áudio

Site Umarizalense.

Polícia Militar de Mato Grosso/Divulgação

Um homem de 40 anos foi condenado a 33 anos, 11 meses e 10 dias de prisão pelos crimes de estupro de vulnerável, aborto e ocultação/destruição de cadáver, em Cuiabá (MT). Ele é acusado de estuprar a filha, de 11 anos.
O homem foi a júri nessa quinta-feira (17/6). De acordo com o portal G1, a sessão de julgamento durou 15 horas. O réu, que foi condenado ainda ao pagamento das custas e demais despesas processuais, pode recorrer da decisão.

Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), consta nos autos que a criança sofria os abusos desde 2017. Já o crime de aborto ocorreu na madrugada de 17 de abril de 2019, na casa da família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *