Cooperativa médica suspende cirurgias eletivas contratadas pelo Governo do RN por atraso em pagamento desde novembro de 2020.

Ouvir Áudio

Foto: Pixabay

A Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed-RN) resolveu suspender desde às 7h desta quinta-feira (1º) a realização de cirurgias de alta e médica complexidade contratadas pelo governo do estado por falta de pagamento dos serviços que estão atrasados desde novembro de 2020, segundo a cooperativa.

Os médicos atendem em unidades como o Hospital Walfredo Gurgel, o Hospital Memorial e a Liga Contra o Câncer, segundo a Coopmed-RN. Ainda não houve sinalização do governo sobre o pagamento.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que o Fundo Estadual de Saúde (FES) está fazendo um levantamento dos pagamentos relacionados à Coopmed e, em tratativas com a Secretaria de Planejamento e Finanças, verificando a liberação de recursos orçamentários e financeiros para que o pagamento seja realizado.

Com informações de G1-RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *