Com alta de 400% em mortes de PMs, deputado propõe núcleo permanente de investigação

Ouvir Áudio

Nesta terça-feira (6), o deputado estadual Subtenente Eliabe propôs a criação de um Núcleo Permanente de Investigação de Crimes contra Profissionais de Segurança. O requerimento foi encaminhado ao Governo do Estado, em repercussão ao assassinato de dois policiais militares no último final de semana nas cidades de São Gonçalo do Amarante e Nísia Floresta. Dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública apontam um crescimento de 400% nos homicídios de policiais militares em 2021: foram cinco mortes violentas de PMs até 5 de julho deste ano, contra uma morte no mesmo período do ano passado.

A proposta é que este núcleo dê celeridade às investigações envolvendo crimes contra estes profissionais. “Não se pode tratar o homicídio de policiais como algo comum, pois a morte deles é a morte do Estado. É preciso sensibilidade diante do ocorrido”, observa o parlamentar.

“À exemplo de outros estados brasileiros, a criação desta Unidade é o mínimo que o Governo pode fazer em resposta a este cenário. Os profissionais de segurança pública precisam de atenção do Estado para garantir a segurança da população. Peço ao Governo que saia desse silêncio”, explica Eliabe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *