Bebê de quatro meses morre com sinais de violência sexual em Altamira.

Ouvir Áudio

A Polícia Civil investiga a morte de uma menina de quatro meses em Altamira, sudoeste do Pará, na madrugada do último sábado, 10. O corpo da criança tinha sinais de violência sexual e, até o momento, não se sabe se a criança morreu por causa disso ou de intoxicação por medicamentos.A menina morreu logo após dar entrada Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Altamira. A equipe médica acionou a polícia depois de constatar que a criança tinha sinais de violência sexual e abusos que não seriam recentes.

Os avós maternos e o pai da criança moram na Gleba Assurini, zona rural de Altamira, mas estavam na cidade hospedados em um casa de apoio para pescadores. Segundo testemunhas, por volta das 6h, a criança acordou chorando muito, e não parou mais. Em seguida, a menina começou a ficar arroxeada, e foi aí que o pai da criança, junto com a avó, levaram a bebê até a Unidade de Pronto Atendimento.

Depois de constatado o óbito, as três pessoas da família da menina coletaram material genético e foram ouvidas. A Polícia Civil descobriu que a avó materna havia dado antibióticos fortes para a criança. A equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves – Unidade Regional Altamira – foi até a casa onde a família estava hospedada e lá, encontrou os medicamentos. Agora, a perícia segue trabalhando para apontar a causa da morte da bebê, e deve emitir o laudo nos próximos dias. OliberalPOLICIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *