Pandemia faz disparar abandono de animais de estimação pelo mundo

Ouvir Áudio

A quarentena, que obrigou a população a ficar meses em casa, estreitou a relação entre os tutores e os animais de estimação, mas muita gente que adotou por impulso abandonou cães e gatos em abrigos durante a pandemia.

A maior organização de proteção animal da Inglaterra afirma que, à medida que os escritórios, lojas e restaurantes começaram a reabrir, os abrigos receberam uma enxurrada de animais abandonados. O ato é visto em vários países do mundo como crise canina.

Além disso, por conta do contato limitado durante o confinamento, muitos dos filhotes pandêmicos demonstram problemas como ansiedade, medo e agressividade. Uma pesquisa apontou que mais de um quarto dos cachorros britânicos apresentaram pelo menos um desses sintomas.

Com a demanda por filhotes em alta, muita gente comprou cachorros pela internet, alguns importados ilegalmente, com problemas de saúde e de comportamento. Em um abrigo nos Estados Unidos, a quantidade mensal de cachorros abandonados dobrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *