Mulher acusada de homicídio contra adolescente que teve corpo queimado em Mossoró senta no banco dos réus.

Ouvir Áudio

Dando sequência a pauta de julgamentos, iniciada na quarta feira (14), o Tribunal do Júri Popular de Mossoró, julga besta quinta feira 15 de julho de 2021, Letícia Vital Ramos de 23 anos de idade.
Ela é acusada de participação no assassinato brutal da adolescente Geane de Melo Nogueira, na época com 14 anos de idade, crime ocorrido no dia 06 de novembro de 2018 no Conjunto Malvinas em Mossoró.

A adolescente foi raptada de dentro de casa, assassinada de forma brutal e teve o corpo queimado pelos bandidos.

O corpo totalmente carbonizado, foi encontrado um dia depois do rapto, em um matagal nas Malvinas onde a jovem morava com a família.
De acordo com a investigação da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), na época comandada pelo delegado Rafael Arraes, sete pessoas participaram do assassinato brutal da adolescente. Com exceção de Letícia Ramos, que está sendo julgada nesta quinta feira, todos os demais envolvidos no crime, já foram a julgamento e condenados.
No julgamento de hoje, que acontece no Fórum Municipal Silveira Martins, no Bairro Costa e Silva, o Ministério Público Estadual, está sendo representado pelo promotor de justiça Ítalo Moreira Martins, que atua na acusação da ré.
Na defesa, representando a defensoria pública, está atuando a Dra. Leilane Torquato de Fortaleza no Ceará. Os trabalhos do TJP estão sendo presididos pelo juiz Vagnos Kelly de Figueiredo. A sessão deverá ser encerrada somente no final da tarde, haja visto a complexidade do processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *