Filha de vereadora é presa novamente por suspeita de ter mandado matar o marido

Ouvir Áudio

A Justiça Estadual decretou a prisão preventiva mais uma vez de Quércia Elânia Rebouças Costa Silva, que é filha da vereadora Helena de Lair, em Baraúna-RN, por ter supostamente mando matar o marido, o engenheiro José Ivan Angelo da Silva, no dia 13 de agosto de 2020.

A determinação da Justiça foi cumprida pelo delegado Luiz Fernando Sávio Eliezer dos Santos, da Delegacia Regional de Mossoró. Ele atuou nas investigações e quando concluiu o inquérito havia solicitado ordem de prisão da Justiça contra a suspeita.

José Ivan foi morto com um tiro de espingarda calibre 12 na cabeça quando retornava de uma fazenda que prestava consultoria em Baraúna. Durante as investigações, o delegado encontrou vários indícios de participação da mulher no crime.

Entre os indícios, mensagens de celular apontando que Quércia Elânia estava oferecendo R$ 5 mil para matar o marido José Ivan. Num primeiro momento, a Polícia Civil conseguiu autorização da Justiça para prendê-la. Este fato se deu em setembro de 2020.

Filha de vereadora (Helena de Lair) influente na cidade de Baraúna, Quércia Elânia conseguiu habeas corpus na Justiça para responder o processo em liberdade. Entretanto, no decorrer do processo o Ministério Público Estadual encontrou motivos para a Justiça mandar prendê-la.

Por Mossoró Hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<