Ministro da Costa do Marfim conhece projetos desenvolvidos no RN

Ouvir Áudio

Foto: Raiane Miranda/Assecom
Comitiva busca levar experiências positivas voltadas à criação animal e agricultura familiar para país africano.

O Governo do Rio Grande do Norte irá assinar acordo de cooperação com a Costa do Marfim, a fim de trocar conhecimentos em projetos na área de cultivo de camarão, pescado, pecuária e agricultura familiar. A parceria foi estreitada durante visita do ministro da Produção Animal e dos Recursos Pesqueiros da República da Costa do Marfim, Sidi Tiemoko Turrê, à governadora Fátima Bezerra, na noite desta quarta-feira (21), na Governadoria, em Natal.

Durante a visita de cortesia, o ministro destacou a importância de buscar boas experiências de produção voltadas à segurança alimentar, que é uma preocupação da Costa do Marfim, já que o país hoje depende dos países vizinhos para o próprio abastecimento de alimentos. Sidi Tiemoko Turrê cumpriu agenda no Rio Grande do Norte, nessa quarta e quinta-feira (22), visitando empresas e conhecendo projetos artesanais e de pequeno porte exitosos para levar ao país africano.

Fátima Bezerra agradeceu a confiança ao apontar grande interesse do Estado em apresentar projetos que possam auxiliar na independência e segurança alimentar do país. “É uma alegria imensa recebê-los aqui e é importante reafirmar os laços entre o Rio Grande do Norte e a Costa do Marfim, principalmente, pela busca incansável por igualdade, oportunidades, justiça e por projetos de sustentabilidade que temos”, afirmou a governadora, que esteve acompanhada dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado, e da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Guilherme Saldanha.

O secretário Guilherme Saldanha lembrou da atuação do Rio Grande do Norte no setor de exportação, sendo por exemplo, o maior exportador de frutas do Brasil. “Estamos de portas abertas para estreitar laços com a Costa do Marfim e é importante destacar que o RN foi o segundo estado a liberar a produção de peixe Panga e a liberação de beneficiamento de pescado feito pela governadora Fátima Bezerra pode possibilitar, inclusive, a exportação para o país africano”, esclareceu.

Na ocasião, também houve discussão sobre o terminal pesqueiro [em Natal], a importância da pesca industrial já existente no estado, com destaque para a pesca de atum. “Somos grandes pescadores e exportadores de atum e temos um ambiente favorável para a instalação de empresas estrangeiras que tenham interesse em atuar neste setor, especialmente na operação do terminal pesqueiro”, acrescentou Guilherme Saldanha.

Jaime Calado, titular da Sedec, destacou o cenário e potencial do Rio Grande do Norte. “O encontro é de grande importância e mostra como existe afinidade entre as economias tanto do Rio Grande do Norte como do país Costa do Marfim. Portanto, brevemente vamos viabilizar todas as parcerias que vão surgir neste atendimento técnico e comercial entre o país e nosso estado.”

O senador Jean Paul Prates reforçou a importância da apresentação de projetos de produções artesanais ou de pequeno porte do estado, principal motivo da visita da comitiva da Costa do Marfim ao Rio Grande do Norte. “Eles vieram conhecer nossos projetos de pequenos agricultores. Afinal, temos grande destaque na assistência e desenvolvimento de projetos voltados à agricultura familiar”, explicou, ao dizer que a Costa do Marfim vem buscando aperfeiçoamento para conseguir ter sua própria produção alimentar, e o Rio Grande do Norte tem importante potencial para esta contribuição.

O ministro da Produção Animal e dos Recursos Pesqueiros da República da Costa do Marfim, Sidi Tiemoki Turrê, lembrou que a relação diplomática com o Brasil iniciou ainda em 1960, com os primeiros acordos diplomáticos sendo assinados em 1982. “Metade desses projetos ainda tem sido aproveitado nos dias de hoje, e vamos sair daqui com agradecimento enorme pelo acolhimento e apoio dado à embaixada da Costa do Marfim. Precisamos andar com nossos próprios meios”, explicou o ministro, que também se reuniu com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na última segunda-feira (19).

Acordo de Cooperação

Ao final da reunião, realizada entre representantes do Governo do Rio Grande do Norte e a comitiva da Costa do Marfim, liderada por Sidi Tiemoki, e tendo como convidados Flávio Bezerra, empresário e ex-deputado federal pelo estado do Ceará, e o biólogo Marcelo Lima, ficou definido que a governadora Fátima Bezerra irá até Brasília para assinar acordo de cooperação entre o RN e a Costa do Marfim.

A partir desse acordo, o Rio Grande do Norte poderá ofertar assessoria e assistência, mostrando e conectando a Costa do Marfim aos empreendedores locais, apresentando as políticas sociais, da agricultura e da pecuária do estado, que são de pequeno porte, porém com grande êxito.

Também participaram do encontro, pela comitiva da Costa do Marfim: esposa do ministro, Roux Leroux; encarregado de negócios da Costa do Marfim no Distrito Federal, Lamine Kanté; o veterinário Mel Eg Soukou Emmanuel; e o fotógrafo Monsier Gori Bi Irié Eric.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *