Comerciante que passeava com cão é morto em suposto assalto.

Ouvir Áudio

Um homem, de 34 anos, identificado como Diego André Lemos, morreu após ser baleado, na manhã desta terça-feira (3), em uma suposta tentativa de assalto na Freguesia, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Diego morava, desde fevereiro deste ano, em uma cobertura na rua Potiguara, no condomínio Grand Valley. Ele era dono de uma loja de perfumes importados e foi alvejado próximo do prédio onde residia. O homem passeava com o cachorro quando dois homens numa moto o abordaram, por volta de 8h30.
Em imagens é possível ver que Diego tenta entregar o celular, mas é baleado ao menos três vezes. Depois de caído, os criminosos roubam um cordão da vítima, mas não levam o aparelho celular.

De acordo com informações apuradas pela Record TV Rio, uma vizinha viu toda a ação pela janela de casa e gritou “pega ladrão”, numa tentativa de deter o suposto assalto. Os criminosos chegaram a atirar em direção à casa da mulher, mas ela não foi atingida. Em toda a ação, os supostos assaltantes teriam disparado ao menos seis vezes.

Segundo testemunhas, a mulher de André, que desceu para socorrer o marido, lamentou: “quem é que vai brincar com meu filhos agora?”

De acordo com a Polícia Civil, a ocorrência está em andamento na DHC (Delegacia de Homicídios da Capital). O caso, a princípio, é encarado como latrocínio (roubo seguido de morte), mas as investigações não descartam a possibilidade de execução.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Diego foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, mas já chegou morto na unidade de saúde.

Fonte: R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *