PMs mulheres, graduadas, são despejadas de alojamento e passam a usar banheiro coletivo

Ouvir Áudio

Um grupo formado por oito policiais militares mulheres foi despejado do alojamento feminino que ocupava nas dependências do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) do Distrito Federal, responsável pelo policiamento na região da Esplanada dos Ministérios. Além de perderem o local de descanso, as praças foram obrigadas a usar apenas um banheiro coletivo no corredor do quartel e tiveram os armários jogados em uma pequena sala. A decisão teria partido do comando da unidade, uma major.

De acordo com as informações e imagens recebidas pelo Metrópoles, as policiais perderam o alojamento para que duas aspirantes ocupassem as dependências sem terem de dividir o ambiente com as praças. “Até uma moça da limpeza, que usava um dos armários, perdeu o espaço que tinha para guardar objetos pessoais”, disse uma fonte ouvida pela reportagem.

Sentindo-se constrangidas e humilhadas, as militares pegaram, por conta própria, uma placa de banheiro feminino e pregaram com fita adesiva na porta do sanitário coletivo (foto principal) para evitar que homens usassem o local. “A situação era vexatória e muitas das policiais passaram a ter preferência até em usar banheiros fora do quartel”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<