Mulher é presa suspeita de envolvimento no assassinato da irmã no RN.

Ouvir Áudio

Uma mulher foi presa nesta terça-feira (17) suspeita de envolvimento na execução da irmã, a comerciante Poliana Nataluska, de 22 anos. O crime aconteceu em maio deste ano na loja da vítima, em Nossa Senhora da Apresentação.

Outras duas pessoas também foram presas nesta terça, dentre elas, o cunhado da vítima e um policial militar. As prisões foram conduzidas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontam que os três são os autores intelectuais do homicídio que teria sido motivado por uma disputa por uma herança de R$ 2 milhões.

A irmã e o cunhado da vítima foram presos em Touros, no litoral norte do estado. Já o policial militar foi preso quando deixava o serviço no 4º Batalhão, na capital potiguar.

Outras prisões

No dia 16 de julho a Polícia Civil prendeu três homens suspeitos de participação no homicídio. Um deles seria o responsável pelo disparo que matou Pollyana; o segundo seria o condutor da moto que levou o assassino ao local do crime; e o terceiro seria o dono da moto.

O crime

A comerciante Pollyana Natalusca Costa de Medeiros, de 22 anos, foi morta com um tiro na nuca, dentro da loja de parafusos de sua propriedade, no dia 18 de maio. O comércio funcionava na Avenida Boa Sorte, no bairro Nossa Senhora da Apresentação.

Testemunhas disseram aos policiais que dois criminosos chegaram em uma moto, por volta das 10h30, mandaram os funcionários saírem, levaram a vítima até os fundos do estabelecimento e a assassinaram com um tiro na nuca.

Fonte: G1 RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *