Hackers invadem site das Lojas Renner e pedem R$ 5 bilhões para liberar

Ouvir Áudio

O site oficial das Lojas Renner foi alvo de um ataque de sequestro digital (ransomware) de hackers nesta quinta-feira (19) e encontra-se fora do ar. Os responsáveis pela ação criminosa estão cobrando um resgate que pode chegar a US$ 1 bilhão (R$ 5,41 bilhões) para liberar os sistemas criptografados da empresa. As informações são do CanalTech.

Os responsáveis estão interessados somente nos ganhos monetários e não têm intenção de compartilhar quaisquer dados que tenham sido obtidos. Até o momento não há confirmação sobre qual ransomware foi usado, mas informações indicam que ele pode se tratar do Defray777, que se baseia em linhas de código do Linux para enumerar e criptografar pastas.

Ainda de acordo coma reportagem, 1,3 mil servidores das Lojas Renner foram criptografados, incluindo os bancos de dados localizados na cidade de Porto Alegre (RS) e da TIVIT, em São Paulo. Até o momento, o site da empresa se encontra indisponível e, ao entrar nele, o visitante é alertado sobre “novidades incríveis” que devem surgir em breve.

One thought on “<strong>Hackers invadem site das Lojas Renner e pedem R$ 5 bilhões para liberar</strong><br>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *