Mulher é morta na frente de filho por recusar fazer sexo.

Ouvir Áudio

Uma mulher foi morta a facadas pelo companheiro por se recusar a fazer sexo com ele. A vítima, Vanessa de Lima, de 25 anos, foi encontrada morta em casa, no último dia 24 de julho, em Joinville, no Estado de Santa Catarina.

A vítima, Vanessa de Lima, de 25 anos, foi morta com 14 facadas após se recusar a manter relações sexuais (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

A investigação aponta que o casal começou a brigar após Vanessa se recusar a manter relações sexuais com Jhonatan Ferreira de Araújo, com quem dividia apartamento há 15 dias no bairro Paranaguamirim.
Ele teria agredido e golpeado a vítima com 14 facadas na frente do filho dela, um menino de 1 ano e 8 meses.

Após o crime, o acusado abandonou a criança na rua durante a madrugada e o menino só foi encontrado no dia seguinte. O corpo da mulher foi escondido embaixo de uma cama no apartamento.

O homem ainda está foragido, mas deve ser indiciado por homicídio quadruplamente qualificado, por motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima, meio cruel e feminicídio, crime praticado contra a mulher em relações domésticas. Além disso, ele será denunciado por abandono de incapaz e fraude processual.

Da Tribuna Oline

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *