[FOTO] “Se soltar, leva tiro”, relata refém colocado em capô de carro em mega-assalto de Araçatuba; confira relato na íntegra

Ouvir Áudio

O morador de Araçatuba (SP) que foi colocado em cima do capô de um carro durante o mega-assalto a agências bancárias relatou que viveu momentos de terror enquanto era ameaçado de morte pelos criminosos para se segurar no veículo como ‘escudo’ humano.

O homem, que não terá a identidade revelada, estava indo buscar um passageiro próximo da rodoviária, quando se deparou com os bandidos, que arrancaram sua camisa, jogaram seu boné no chão e o colocaram no capô do carro.

“Davam tiro para o alto, deram tiro em cima dos prédios. Aí um deles tomou um tiro do meu lado, tomou tiro no pescoço e morreu na hora. Eles me fizeram puxar o corpo, colocar dentro do porta mala do carro. Na hora que me colocou no capô do carro, ele ainda falou: ‘se você soltar, se você se jogar, eu paro o carro e dou um tiro na sua cara’. Eu acho que eu nunca segurei num lugar tão forte igual eu segurei aquela hora. Eles passavam em lombada, passavam em depressão da rua, e o carro pulava, e eu segurando. Tanto é que uma hora que eles passaram próximo ao calçadão, na hora que teve um confronto com a polícia, levei um de raspão. A única coisa também que aconteceu, o único machucado que tive”, relatou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *