Anvisa e PF interrompem jogo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias

Ouvir Áudio

Uma cena inusitada ocorreu na tarde deste domingo (5), na Neo Química Arena, em São Paulo. O jogo entre Brasil e Argentina foi interrompido aos 6 minutos de jogo porque quatro jogadores argentinos descumpriram protocolos sanitários e entrarem em campo. Não há a confirmação se o jogo será retomado.
A suspensão da partida ocorreu porque os jogadores Martinez, Lo Celso e Romero foram ao jogo mesmo sem autorizações sanitárias. Os três e outro jogador que não foi relacionado entraram no Brasil e mentiram sobre seu percurso pelo exterior. Os quatro tiveram passagem pelo Reino Unido em um intervalo menor que 14 dias e, por isso, deveriam ser deportados.

A restrição foi imposta pelos ministérios da Saúde, Justiça e Casa Civil, que impõe ao Reino Unido, África do Sul e Índia a necessidade de quarentena de 14 dias. A Anvisa só teve a informação após análise dos passaportes dos atletas, na noite do sábado (4). Então, a Seleção Argentina havia sido orientada a não escalar os jogadores, fazer o isolamento dos quatro até que ocorresse a deportação. Porém, a medida não foi respeitada.

Da Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *