Jovem raspa cabeça, mas ‘perde’ vaga em medicina após erro em notas

Ouvir Áudio

© Reprodução Reprodução

Na última quarta-feira (1), 31 candidatos do processo seletivo da UFPR (Universidade Federal do Paraná) tiveram o nome retirado da lista de aprovados após uma falha na contabilidade das notas do vestibular. O vestibulando Gabriel Zimermann, 20, foi um deles.
Agora, o jovem tenta se conformar com a decepção que viveu. De acordo com reportagem do UOL, o anúncio da primeira lista com as notas erradas saiu na tarde de quarta. Porém, ao longo da noite, a UFPR anunciou que substituiu 31 nomes entre os aprovados de sete cursos.

Com 25 substituições, a maior mudança aconteceu no curso de medicina. O jovem já tinha até raspado a cabeça com a família para celebrar a vaga. Então, ele viveu momentos de tensão ao saber por um amigo sobre o anúncio da UFPR. “Já me desesperei pela possibilidade de meu nome não estar mais na lista. Quando abri, confirmei”, disse.

“Quando abri a lista, fiquei confuso, não sabia o que pensar ou fazer. Abri várias vezes para ver se era aquilo mesmo e quando falei para os meus pais, pensaram que era uma brincadeira. É uma decepção muito grande ver o sonho escorrer pelos dedos”, afirmou.

“Pretendo lutar juridicamente até que algo seja feito e continuar estudando para os próximos vestibulares. A medicina sempre foi um sonho, ainda mais na UFPR que é da minha cidade. Faz muito tempo que estou estudando, desde 2018, com pouco descanso e todos os dias”, desabafou.

Por meio de nota, a UFPR informou que “a retificação foi necessária em virtude de uma falha ocorrida no processamento dos resultados, que fez com que deixassem de ser computados os ajustes nas notas de produção de texto decorrentes de recursos interpostos por candidatos e que, após a análise por parte da Banca Examinadora, foram deferidos”.

Da Isto É

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *