Em nova ameaça, homem diz que empresário “paga pela cabeça” de Moraes e ex-PM intimida familiares do ministro

Ouvir Áudio

Às vésperas do 7 de setembro, o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, que tem fechado o cerco contra defensores do golpe na internet, tem sido vítima, assim como sua família, de ameaças da base bolsonarista.

Desta vez, um homem em uma live no TikTok diz que um empresário paga “pela cabeça de Moraes”. “A partir de hoje, nós temos um grupamento no Brasil que vai caçar ministro [do STF] aonde quer que eles estejam”, diz um homem identificado como Márcio Giovani Nique ou “professor Marcinho” na rede social, segundo reportagem do Poder360. 

Ele afirma que “tem um empresário grande (…) oferecendo grana pela cabeça de Moraes” e que não revelaria naquele momento seu nome, nem sob tortura. “Vivo ou morto querem trazer ele”, disse. “Agora no Brasil, com os ministros do Supremo, vai ser assim, vai ter prêmio pela cabeça deles”, completou.

No Twitter, em resposta a uma publicação do perfil do STF, o ex-PM Cássio Rodrigues Costa Souza chama Moraes de “careca filho da puta” e “advogado do PCC”, afirmando que vai matar o ministro e sua família.

Ministro prestou queixa contra ofensa

Na sexta-feira (3), outra ocorrência. Um segurança do ministro prestou queixa em nome do magistrado contra pessoas que o xingaram dentro do Clube Pinheiros, em São Paulo, na madrugada de quinta para sexta.

Apesar de não estar no local no momento, seus seguranças ouviram as ofensas e fizeram o registro em seu nome, informou também o Poder 360.

Do Brasil 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *