Comerciante é preso por amarrar e agredir homem no interior do RN

Ouvir Áudio

O comerciante Alberan de Freitas Epifânio, acusado de amarrar e espancar um homem no município de Portalegre, no interior do Estado, foi preso nesta sexta-feira (17). Ele foi acusado pelo crime de tortura e o mandado de prisão preventiva foi expedido pela Comarca de Portalegre e executado nesta tarde.

O comerciante estava trabalhando no momento em que foi preso. Na última terça-feira (14), em entrevista à TRIBUNA DO NORTE, Alberan se disse “arrependido”, mas discordava sobre o episódio se tratar de tortura. “Não considero tortura. A cena realmente é desagradável para os olhos. Eu (estava) num momento de fúria, de raiva, nunca tinha passado por isso. Hoje, estou arrependido”, afirmou.

O episódio ocorreu no último sábado (11), mas as imagens sobre o caso começaram a circular na segunda (13). No vídeo é possível ver que o homem está com braços e pernas amarrados, enquanto é insultado e agredido. De acordo com a delegada-geral, também em entrevista no início da semana, foram vistos elementos de tortura, o que foi consolidado com o oferecimento e aceite da denúncia, o que acarretou na expedição do mandado de prisão preventiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<