Briga generalizada por música termina em morte e bebê ferido

Ouvir Áudio

Uma briga por causa de uma música terminou em morte na praia de Carapebus, na Serra (ES). A briga começou quando uma adolescente, grávida de 4 meses, não gostou da letra de uma música que tocava em churrasco de família.

De acordo com testemunhas, a gestante “surtou e começou a xingar todo mundo”. Uma das pessoas presentes na festa, que não quis se identificar, afirmou que a adolescente agrediu o tio dela. Com isso, todos foram tentar defendê-lo, dando início a uma briga generalizada.
Um rapaz, de 15 anos, sofreu ferimentos no braço e no olho. A mãe do rapaz afirmou que a gestante, que é neta dela, chamou o marido. O homem pegou uma faca para tentar assassinar o jovem. O mesmo agressor teria atingido uma bebê com um soco.

Ao saber que a filha foi agredida, Rafael Leonardo Gomes da Conceição, de 21 anos, foi ao local. Ele tentou conversar com o homem, que é cunhado dele, mas a discussão continuou e o agressor pegou uma garrafa de vidro, atingindo Rafael na perna. A lesão na veia femoral foi fatal e Rafael não resistiu ao grave ferimento.

A vítima trabalhava como motoboy em uma distribuidora de bebidas e foi casado com a mãe da bebê agredida por 4 anos, mas estão separados. O casal de agressores, entre eles o assassino, está foragido.

Do SBT News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<