Mulher descobre incesto entre companheiro, a filha dele e o genro e manda matar dois deles

Ouvir Áudio

Uma mulher foi presa suspeita de mandar matar o companheiro e a enteada, em Canindé, interior do Ceará. O crime foi motivado após a descoberta de que o companheiro mantinha um relacionamento com a própria filha e o genro, ambos menores de idade.


Pai e filha foram baleados na porta de casa e estão internados.

Daniel Aragão, delegado responsável pelo caso, afirmou que Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, pagou R$ 3 mil a duas pessoas para que matassem Joelson Oliveira, de 39 anos, e sua filha após a descoberta do trisal incestuoso.

De acordo com a Polícia Civil, algumas horas após o crime, a Polícia Militar prendeu um adulto e um adolescente de 17 anos, ambos suspeitos de participação nas duas tentativas de homicídio. Durante a investigação foi apreendido o revólver supostamente utilizado no crime.

O delegado afirmou que o namorado da jovem descobriu o relacionamento dela com o pai e decidiu fazer parte. Um tempo depois, contou para Maria, namorada do sogro, sobre a relação. Em depoimento Maria afirmou que após a descoberta tentou separação, porém, passou a receber ameaças do companheiro.

Do Metrópoles

Após os acontecimentos, a mulher teria oferecido dinheiro para que o namorado da enteada contratasse os executores do crime, ocorrido em junho deste ano. As vítimas foram baleadas na porta de casa e encaminhadas para uma unidade de saúde da região.

A delegacia aguarda a alta de Joelson para depoimento. Caso seja comprovado o relacionamento dele com a filha, ele poderá ser indiciado por estupro de vulnerável.

Do Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<