Youtuber abordado pela PM relata racismo: “Vieram apontando a arma”

Ouvir Áudio

Influencer disse que foi parado por policiais na Zona Norte de SP, porque foi considerado em “atitude suspeita”. Ele transmitiu ação ao vivo.

O youtuber Spartakus Santiago foi parado por policiais militares na manhã desta segunda-feira (4/10) quando caminhava no bairro de Santana, na zona norte de São Paulo. O episódio foi narrado ao vivo na internet pelo influencer, que ainda é apresentador da MTV Brasil.

Durante a transmissão, Spartakus apontou que a abordagem foi uma atitude racista dos policiais. Segundo o youtuber, ele foi abordado somente depois que ele ficou dez minutos parado e olhando para seu celular. O apresentador alega que policiais apontaram a arma para ele.

A transmissão da abordagem começou quando policiais estavam supostamente tentando contato por rádio com a central da Polícia Militar para verificar sua identidade. O Spartakus não portava documentos de identificação no momento.

“Esses dois policiais vieram apontando a arma pra mim, me tratando como se fosse um bandido”, afirmou o youtuber na transmissão ao vivo. “Trataram como atitude suspeita porque fiquei 10 minutos parado mexendo no celular”, acrescentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<