Pedreiro confessa ter feito sexo com jovem antes de matá-la e concretar corpo

Ouvir Áudio

São Paulo – Um pedreiro de 56 anos confessou ter mantido relações sexuais com uma jovem antes de matá-la, em São Vicente, no litoral de São Paulo. O homem e outro suspeito foram presos nessa terça-feira (5/10), pelo suposto envolvimento no assassinato de Joice Maria da Glória Rodrigues, de 25 anos, que estava desaparecida há oito dias.

Ao ser preso, o pedreiro afirmou ter estrangulado a jovem com uma camiseta e concretado o corpo dela na parede de um imóvel em construção. O homem foi preso em flagrante por ocultação de cadáver. O pedreiro trabalhava na obra localizada na Rua Senador Lúcio Bittencourt, no bairro Esplanada dos Barreiros.
Os policiais da 3ª Delegacia de Investigações sobre Homicídios da DEIC consideram o homem de 56 anos responsável pela morte de Joice. A jovem estava desaparecida desde 27 de setembro. Um homem de 35 anos, que também foi detido, é suspeito de auxiliar no crime.

Em seu primeiro depoimento, o pedreiro teria relatado que fez sexo e usou drogas com a jovem, antes de deixar o local, de acordo com o G1. Segundo o homem, a vítima passava pela obra e parou para conversar com ele. Na obra, os policiais encontraram pinos plásticos vazios, que são usados para guardar cocaína, além de uma sacola com calcinhas, que foi apreendida.

No início da investigação, a polícia havia questionado o proprietário do imóvel em construção sobre áreas concretadas recentemente. No momento, ele não se lembrou de nenhuma, mas nesta terça-feira desconfiou de um vão embaixo da escada, que estava com um acabamento mal feito. O proprietário do imóvel quebrou o concreto e sentiu um forte odor.

Desaparecimento

Joice desapareceu no último dia 27. Ela morava no bairro Quarentenário, na área continental da cidade, com o marido e duas filhas. Segundo a família, a estudante saiu para visitar o avô, no bairro Parque Bitaru, na área insular, e desapareceu.

Ela teria ficado no local até por volta das 19h, quando saiu. Desde então, a jovem não foi mais vista. A família registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento de pessoa na Delegacia Sede de São Vicente, para a polícia investigar o caso.

Do Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<