Homem mata irmão porque ele aplicava vacina contra Covid-19

Ouvir Áudio

Em Maryland, nos Estados Unidos, um homem é suspeito de ter matado o irmão porque ele aplicava vacinas contra covid-19. A informação foi divulgada pela WUSA-TV, emissora afiliada da rede CBS.

© Fornecido por IstoÉ Homem anti vacina matou 3 pessoas (Foto: Divulgação/Allegheny County Sheriff’s Office)

Segundo a acusação, Jeffrey Burnham, de 46 anos, matou o farmacêutico Brian Robinette, de 58, afirmando que “o governo dos EUA está envenenando pessoas com vacina”.

Ele também é suspeito de matar, em circunstâncias não esclarecidas, a esposa do irmão, Kelly Sue Robinette, de 57 anos, e outra mulher, Rebecca Reynolds, de 83, amiga da mãe dele.

Jeffrey tentou fugir, mas foi preso em 30 de setembro.

Os Estados Unidos já acumularam 708 mil mortes por covid-19 e enfrenta problemas na vacinação por causa do movimento anti vacina no país.

Do Isto É

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<