“Tarado” é preso ao mostrar órgão genital a funcionária de padaria

Ouvir Áudio

Um homem de 29 anos foi preso mais uma vez em Curitiba, no Paraná, por importunação sexual, na noite dessa segunda-feira (11/10). O suspeito tem uma extensa ficha criminal pelo mesmo crime.

O caso mais recente ocorreu em uma padaria da Rua Conselheiro Laurindo. O homem estaria mostrando o órgão genital para uma funcionária do local, que acionou a Guarda Municipal.
O homem é um velho conhecido da GM e da Polícia Militar, por agir da mesma forma em outros bairros de Curitiba, como Mercês e Bigorrilho, e em ônibus do transporte coletivo da capital. Esta é a terceira vez que ele é preso.

“A equipe abordou o suspeito, o mesmo foi identificado e, após relato da vítima, diante do crime de importunação sexual, foi encaminhado à Delegacia da Mulher”, conta o agente Joel Nunes, da GM.

Muito abalada, a vítima prestou depoimento e não quis dar entrevista.

Flagrante

Na Casa da Mulher Brasileira, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de importunação sexual.

“Puxado nome dele foi constatado várias passagens pelo mesmo crime.”

Dessa forma, a polícia acredita que outras vítimas devem comparecer à delegacia para fazer reconhecimento do suspeito por outros atos semelhantes.

Alertas

No início do mês, uma mulher, que se sentiu ameaçada por um rapaz, fez um alerta pelas redes sociais. O homem seria o mesmo suspeito do flagrante na padaria. Em uma postagem com foto, ela pedia às mulheres da região do Bigorrilho que tomassem cuidado com ele.

“Ele veio aqui no café pedindo água e começou a me assesdias, falar em tom de ameaça para eu não chamar ninguém. Tentou empurrar o balcão e foi embora depois que comecei a ligar para a polícia e gritar”, escreveu ela.

Denúncias

A Casa da Mulher Brasileira funciona 24 horas por dia e fica na Av. Paraná, 870, Cabral. O telefone é (41) 3221-2701 .

Do Bando B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *