CIÊNCIA: Mulher nascida com duas vaginas usava dois tampões: “Achava normal”

Ouvir Áudio

Uma mulher de 24 anos desabafou, pelas redes sociais, sobre o fato de ter duas vaginas. Tee Barlett conta que achava normal usar dois absorventes internos durante a menstruação, e, na adolescência, presumia que todas as mulheres tinham duas aberturas vaginais.

Porém, ao completar 16 anos, perguntou à mãe “em que buraco” um tampão precisava entrar. Preocupada, a mãe levou a garota a uma consulta médica, onde Tee foi diagnosticada com septo vaginal.

“Um dia, eu estava conversando com minha melhor amiga e minha mãe, e finalmente perguntei em qual buraco um tampão deveria entrar, o esquerdo ou o direito”, lembra. “Mamãe olhou para mim como ‘o quê?’. No início, ela disse que não havia dois buracos e nós discutimos um pouco”.

Após a consulta com uma doutora, Tee diz que saiu do consultório “perplexa”. “Eu estava surtando pensando que tinha duas vaginas”, diz Tee, que mora em New South Wales, na Austrália.

Os médicos informaram que, devido à vagina dupla, a jovem enfrentaria dificuldades em relações sexuais e durante o parto. Aos 17 anos, ela foi submetida a uma cirurgia para a remoção do septo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<