Acidente em teleférico de prédio de luxo deixa sete feridos em Salvador

Ouvir Áudio

Sete pessoas ficaram feridas após um acidente com o teleférico do edifício Mansão Wildberger, em Salvador, capital da Bahia.

O bondinho da Mansão Wildberger foi interditado pouco depois do acidente, na tarde de hoje, pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

Duas das vítimas recusaram socorro e uma deixou o local antes da chegada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) Os outros quatro passageiros, homens de 25, 26, 40 e 41 anos, precisaram de atendimento ortopédico, mas não precisaram de internação. Os nomes dos pacientes não foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Em nota ao UOL, a Sedur informou apenas que o teleférico “apresentou problema”, sem entrar em mais detalhes. “Durante a fiscalização, os fiscais notificaram o prédio para que seja apresentado o laudo técnico de inspeção do equipamento”, completou.

Apesar de os relatos darem conta que o teleférico despencou, a Sedur e a SMS não mencionaram qual foi o impacto ou a altura da qual o transporte teria caído. O bondinho do edifício conecta o prédio a um píer de Salvador.

O empreendimento foi lançado em 2018 e tem apartamentos de 450 a 993 m², com 4 ou 5 suítes, no Corredor da Vitória, uma das áreas mais valorizadas da capital baiana. O UOL tentou contato com a MRV Construtora, responsável pela obra, para obter um posicionamento, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. Caso haja, ela será atualizada.

A Polícia Civil informou que a 14ª DT, que cobre a área, não foi acionada a respeito do caso até a noite de hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *