Suspeito de envolvimento na morte de cantor de forró é preso

Ouvir Áudio

Um homem suspeito de participar da morte do cantor de forró Romarinho, em Manaus (AM), foi preso pela polícia. Augusto da Silva Campos foi detido durante um cumprimento de mandado de prisão. Outros dois suspeitos já tinham sido detidos.


Romário de Jesus, conhecido como “o bruxo do Amazonas” foi assassinado a tiros no dia que completou 27 anos, em 8.set. O cantor tinha acabado de sair de uma apresentação, onde comemorou o aniversário com os fãs e familiares. Uma câmera de monitoramento registrou o momento quando o carro do cantor foi atingido por tiros de pistola e fuzil. Oito tiros atingiram o músico.

A polícia cruzou dados de localização dos veículos de Augusto e da vítima. O mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa do suspeito, em um condomínio na zona oeste de Manaus. Um carro apreendido pode ter sido usado no dia do crime. 

Horas depois, no velório de Romário, um dos melhores amigos do cantor também foi assassinado a tiros. Illgner Menezes tinha 24 anos e fazia uma transmissão ao vivo nas redes sociais quando foi atingido pelos disparos.

Não é a primeira vez que Augusto é preso. Em três oportunidades, já foi detido, inclusive em outro estado por outros crimes, como porte ilegal de arma de fogo. A polícia segue investigando o caso.

Do SBT News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *