Potencializar o artesanato para incentivar a inclusão produtiva é meta da gestão municipal

Ouvir Áudio


Estiveram em Natal para participar da entrega de certificados dos alunos do curso de artesanato, a prefeita Marineide Diniz, a secretária da SEMTHAS, Lúcia Helena e representantes do artesanato Eliane Ribeiro e Luana Ambrósio. – “Foi um momento muito proveitoso, em que pude conversar sobre o futuro do artesanato em Carnaubais. Eu, que também já fui artesã, reconheço a importância dessa valiosa profissão e, no que depender de mim, jamais deixarei de valorizá-la”, disse a prefeita Marineide Diniz. 

Nas vitrines 

Nenhuma árvore é mais dadivosa e fecunda do que a carnaubeira. Além da riqueza do pó da cera que por várias década proporcionou o apogeu econômico na várzea, da palha se faz o artesanato que ganha espaço até nos nichos de mercado sofisticado. Além de bolsas para supermercado, para feira, a mulher “chique” também pode desfilar na rua com uma bolsa de palha. Antes o povo tinha vergonha de andar, agora virou foi moda. Um produto como este exposto em uma loja de Assú (na foto acima) pode ser encontrado a R$ 60,00. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *