Grávida é estuprada por funcionário dentro de hospital assista ao vídeo

Ouvir Áudio

Uma mulher grávida foi estuprada por um funcionário dentro de um hospital em Itacoatiara, município a 175 km de Manaus (AM). A vítima, de 24 anos, fez exames de corpo de delito, que comprovaram o estupro.

A mulher procurou o hospital após sentir fortes dores na barriga devido à gravidez. Na unidade, foi recebida por um técnico de enfermagem. Na sala de medicação e sem avisar, aplicou uma injeção.

De acordo com a gestante, o criminoso a abordou com uma seringa, aplicando mais da metade do líquido, sem mencionar o que foi injetado. Depois, olhou para a mulher e saiu do local. Cerca de 15 minutos depois, a vítima começou a ficar sonolenta e percebeu os abusos. A mulher ficou com hematomas no seio e dores nas partes íntimas.

Durante o crime e sentido dor, a vítima abriu os olhos. O criminoso se assustou e tirou a mão das partes íntimas da gestante. O técnico de enfermagem suspeito ainda não foi preso. A vítima afirmou que o diretor do hospital levaria fotos para reconhecer o abusador.

Em nota, a Secretaria de Saúde do Amazonas afirmou que o hospital José Mendes é de responsabilidade da Secretaria Municipal da pasta, mas colabora com as investigações e disse que o servidor foi afastado.

O ato foi repudiado pelo prefeito da cidade, Mário Ibrahim, e pela vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas, Grace Benayon.

Do SBT News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *